quarta-feira, 9 de março de 2016

Uma madrugada qualquer...


Sonho ruim.
Parece que vai me levar a um outro lugar.
Num passe de mágica, acordo.
No mesmo momento já nem me lembro do sonho. Só da sensação.
Sensação de hipoglicemia.
3:55 - 40mg/dL.
Sei que tenho segundos para usar o pouco raciocínio que ainda tenho.
Devo ser certeira e objetiva.
Levantar e ingerir açúcar.
Esse é o pensamento.
Não devo ter dúvidas; se como doce de leite, se como uma fruta, se como uma colher de mel...
Dessa vez, o pensamento foi açúcar!
Corro pra cozinha (daquele jeito) pego um copo, ponho 2 colheres de açúcar, espremo um limão que estava perto e misturo a água. Tomo tudo em um segundo.
Ainda sobra uma certa dúvida, então ponho mais uma colher de açúcar, espremo uma laranja e um pouco de água e tomo de novo.
Pronto! Sei que agora é só esperar a sensação ruim passar.
Sei que vai passar, mas até passar, dá um certo medo.
Meço de novo.
4:03 - 50mg/dL.
Sei que tá subindo. Mas mesmo assim, melhor colocar o despertador para daqui uns minutos ver como está.
4:31 - 83mg/dL.
Pensamentos...tá bom, não tá...Acho que sim...meia hora depois de ter ingerido açúcar...ainda vai subir mais...Pq se for lá comer mais, depois pode dar hiper...É acho que sim...Vou dormir...
7:41 - 142mg/dL...

Obs: Poderia (deveria) ter acordado meu marido pra ele me ajudar? Sim. Mas, como ainda tinha um mínimo de noção e de força, fui lá eu para testar o limite. Parece dessas cenas de filmes que assistimos em que a pessoa está tirando todas as suas forças para sobreviver a uma situação que parece não ter mais volta. E tudo em segundos se resolve... Por isso, hipoglicemia é e sempre será meu maior medo em relação à Diabetes.