segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

A hipo...ontem...e hoje...

Antigamente (bem lá o começo da minha diabetes) quando ainda usava a horrível insulina NPH, tinha hipos terríveis.
Mas, não tinha a menor noção do perigo.
Quando me lembro da intensidade das minhas hipos dessa época, posso afirmar que beirei a morte em algumas delas. Sem exageros, mas sim, era assim!
Nada como o bom e velho tempo que passa...o dia-a-dia...as horas corridas...as situações que repetidamente passamos...
Mesmo assim, a hipo foi, é e sempre será o meu maior medo em relação à Diabetes.
Mas, sei que hoje lido de maneira bem diferente com ela.
A um primeiro sinal de sensação, já penso e digo: "tenho que medir".
E dificilmente erro. Quando digo isso, sim, na maioria das vezes estou com hipo.
Por isso, temos que estar atentos aos sinais de nosso corpo.
E não ter medo de ingerir açúcar. Sim, nessas horas tem que ser algo doce que faça subir logo a glicemia. Não adianta comer pão, bolacha, pizza nessas horas. Tem carboidrato? Tem, mas pra essa hora não é o indicado. Fica a dica ;)

durante a hipo...
depois da hipo...



Nenhum comentário:

Postar um comentário