terça-feira, 22 de abril de 2014

hipoglicemia feia!

caraca...
hipo feia hj na hora de sair pra trabalhar...
tinha medido às 8h e tava 238... não corrigi, pois deixaria pra tomar café no serviço às 10 horas...
(minha estratégia é sempre essa, quando tá hiper pela manhã...deixo pra medir novamente às 10 e tomar café...se for necessário aplico insulina pra correção e pro café...)

qdo foi 8h40 que estava saindo, me senti mal...mas não imaginava que pudesse ser hipo...em tão pouco tempo...mas era! medi e estava 42!!! em tão pouco tempo baixar tanto assim. não sei o que aconteceu...se foi erro do aparelho, se realmente baixou rápido assim...eu não havia aplicado insulina ultra rápida para correção...somente a lenta mesmo...sei lá viu...

não conseguia ficar em pé...
tomei suco, café com açúcar, comi bolo, pão...rs...
às 9h05 a glicemia estava 67...
esperei um tempinho e td ficou normal...
e fui trabalhar...
sei que cheguei atrasada no serviço...rs...

quer dizer, quase td normal...
às 12h19 (antes do almoço), por causa da comilança da manhã
a glicemia ficou alta de novo...214...
vamos ver até o final do dia se a coisa vai se ajustar...rs...



quinta-feira, 17 de abril de 2014

Obrigada Maria Cláudia de Garcia Paula Allemand!!!

Quer uma ótima notícia?

Leia o post "Justiça manda SUS fornecer análogos de insulina a pacientes com diabetes tipo 1 em todo o Brasil" do Blog da Advogada Débora Aligieri.

Devemos agradecer à Juíza Maria Cláudia de Garcia Paula Allemand pela ação!

A Débora Aligieri tem a cópia da sentença. Para quem se interessar, é só mandar e-mail. Eu mandei e já recebi uma cópia.

quarta-feira, 16 de abril de 2014

às vezes dói...

às vezes dói...
a picada da agulha...
a picada da lanceta...
a insulina quando entra...

e não...
não era agulha reutilizada...
nem lanceta velha...
nem insulina gelada...
nem falta de atenção na aplicação...
simplesmente dói...às vezes...






sexta-feira, 11 de abril de 2014

pequenos ajustes e...tudo bem...

TSH desajustado...
3 meses depois de um pequeno ajuste na dose do remédio (Euthyrox 100 mcg para 112 mcg)...
e tudo bem...

TSH ajustado...

e a glicada continua comportada...



quarta-feira, 9 de abril de 2014

Dica: Suco de maçã da Yakult

Não recebo nada para fazer propaganda.
Porém, quando gosto muito de uma coisa e vejo como funciona bem, por que não compartilhar né?
Vi uma vez, não me lembro agora quem citou o suco de maçã da Yakult.
Dizia que era ótimo, pois não contém conservantes nem açúcar, porém há uma boa quantidade de carboidrato: 19g.
Agora não fico sem! Porque nos momentos de hipo, o suquinho resolve bem a parada.
Uma madrugada dessas (4h26) estava com hipo, 45 mg/dL, tomei um suquinho e acordei às 8h04 com 109 mg/dL. Não é uma ótima? Poder corrigir uma hipo sem ingerir açúcar?
Eu era fã do leite fermentado (popularmente chamado de Yakult). Mas esse tem açúcar...
Pra quem quer reduzir o açúcar com o objetivo de emagrecer, esse suco é ótimo! Pena que só tem de maçã...rs...




terça-feira, 8 de abril de 2014

ADJ e Medtronic celebram as Olimpíadas do Lenny


ADJ e Medtronic celebram as Olimpíadas do Lenny
para conscientizar sobre a importância da atividade física na gestão do diabetes tipo 1

Dia de jogos e educação para crianças e jovens com diabetes tipo 1  e seus familiares


São Paulo, abril de 2014 ― Com o objetivo de conscientizar sobre a importância da atividade física na gestão e no controle do diabetes tipo 1, a Medtronic, em parceria com a ADJ (Associação Diabetes Juvenil), realizará as Olimpíadas do Lenny. O evento acontece dia 17 de maio, sábado, das 9h às 17h,  no acampamento Aruanã, no município de Embu-Guaçu, na Grande São Paulo, para crianças e adolescentes que vivem com diabetes e seus familiares.

Durante o evento, que tem como lema “Vamos jogar para ganhar do diabetes tipo 1”, os inscritos participarão de uma variedade de jogos, competições esportivas e outras brincadeiras que reforçam a mensagem da importância do exercício como estilo de vida para pessoas com diabetes. Transporte, refeições e conversas sobre opções de tratamento com médicos, nutricionistas, psicólogos e especialistas de produto estão incluídos na programação. 

“Nossa missão na ADJ é apoiar os pacientes com diabetes e suas famílias para que eles possam levar uma vida o mais normal possível. Eventos como as Olimpíadas do Lenny servem como ferramenta para educar sobre os aspectos essenciais para o correto controle da doença,” afirma a Dra. Denise Franco, diretora científíca da ADJ, que incentiva aos pais de crianças e adolescentes com diabetes tipo 1 a se inscreverem o mais rápido possível, já que as inscrições são limitadas.

A Dra. Denise explica ainda que “da mesma forma que o monitoramento constante dos níveis de açúcar no sangue e a alimentação saudável, a atividade física é uma das melhores aliadas no controle do diabetes. Devemos cuidar para que os pacientes entendam isso desde pequenos, tornando a atividade física uma constante em suas vidas.”
Pais ou familiares de crianças e adolescentes entre 5 e 16 anos, com diabetes tipo 1, interessados em participar do evento devem inscrever seus filhos pela ADJ, no telefone (11) 3675-3266 com Debora, no ramal 33, e Paula, no ramal 31, até 30 de abril. Cada participante poderá levar até três acompanhantes.  Mais informações podem ser encontradas no site da ADJ www.adj.org.br
Informações sobre a Medtronic podem ser encontradas no site www.medtronicdiabetes.com.br.

Serviço:
Olimpíadas do Lenny
Local do evento: Acampamento Aruanã  - Rua João Antônio Carlos, 250, Embu-Guaçu - SP
Data e horário: 17 de maio, das 9h às 17h
Local da partida: Estacionamento do Shopping Center Norte
Encerramento das inscrições: 30 de abril
Inscrições: pelo telefone 11 3675-3266 (com Débora ou Paula)

Sobre a ADJ
Fundada em 10 de março de 1980, a Associação de Diabetes Juvenil (ADJ) é uma entidade não governamental, sem fins lucrativos, legalmente registrada no Registro Civil de Pessoas Jurídicas. Seu objetivo é promover educação nesse campo para portadores, familiares, profissionais de saúde e comunidade. A ADJ busca também favorecer a qualidade de vida.

Atende as pessoas portadoras de todos os tipos de diabetes, de qualquer faixa etária e classe sócio-econômica. Oferece um trabalho integrado realizado por uma equipe multidisciplinar formada por psicóloga, nutricionista, enfermeira e voluntários (portadores de diabetes ou familiares).

Sobre a Medtronic
A Medtronic é líder mundial em tecnologia médica, oferecendo, há mais de 60 anos, soluções para toda a vida a pacientes que sofrem de inúmeras doenças crônicas. Pesquisa, produz e comercializa produtos, terapias e serviços que contribuem para a melhoria e o prolongamento da vida das pessoas. Todos os anos milhões de pacientes se beneficiam da tecnologia Medtronic para aliviar a dor, restabelecer a saúde e prolongar a vida.


segunda-feira, 7 de abril de 2014

medir, medir, medir...

Passando para o papel as glicemias do meu aparelho, me deparo com um dia assim: 00h37 - 276; 7h38 - 210; 11h04 - 175; 13h47 - 117; 17h40 - 277; 19h43 197; 22h05 - 93...

É para desanimar? Claro que não!

e no dia seguinte: 8h35 - 109; 9h49 - 115; 13h54 - 74; 18h11 - 87; 21h24 - 103; 23h11 - 62...

É isso! Não podemos desanimar! Temos sempre que monitorar!

quinta-feira, 3 de abril de 2014

38 anos!!!

Fiz aniversário no dia 1º de abril.
38 anos, ou seja 10 anos depois que fiquei diabética...
10 anos já se passaram e eu convivendo com minha diabetes.
Nunca tive problemas em "aceitar" a danada.
Só tive problemas em "lidar" com ela.
Hoje, tenho muito mais tranquilidade que antes, pois aprendi vários "macetes" para deixá-la me incomodar o mínimo possível.
Sei que cada um é cada um.
Sei também que se eu tivesse ficado diabética em outras fases de minha vida, talvez minha forma de lidar com ela poderia ser totalmente diferente.
Ter ficado diabética já adulta e como consequência de uma série de fatores que estavam me consumindo, foi como uma renovação, uma nova forma de organizar minha vida.
Por isso não tenho como me revoltar com ela.
Compartilho com todos que acompanham esse blog, um pedaço de bolo cheio de esperança, amor, força, positividade para caminharmos sempre em frente!

Laura (sobrinha), Douglas (marido) e eu.