quarta-feira, 19 de junho de 2013

Teste de glicemia obrigatório nos hospitais e prontos-socorros

Determinar o teste de glicemia como obrigatório em hospitais e prontos-socorros antes de qualquer procedimento médico está em pauta. Acreditem, ainda há lugares onde a utilização deste teste não ocorre adequadamente. Tanto é que mortes têm ocorrido em decorrência desta situação.
Mas, assim como o diabético que possui um glicosímetro em suas mãos, que não sabe o que fazer com ele, não adianta também ter o glicosímetro disponível nos hospitais e prontos-socorros se os profissionais não souberem como e em que hora certa usá-lo.
Então a educação permanente em ambos os casos é fundamental para que erros não ocorram. No caso específico dos hospitais e prontos-socorros, entende-se que o profissional já seja capacitado para avaliar o quadro clínico do paciente e iniciar o atendimento adequado, pois:
1) Faz parte da graduação tanto para medicina quanto para enfermagem;
2) Estando um profissional em uma área especializada deveria no mínimo ir em busca do conhecimento específico;
3) Existem guidelines internacionais para atendimentos de urgência e emergência para estudo e capacitação profissional;
4) Devido a lotação dos serviço de saúde no Brasil foi implementado o Acolhimento e Classificação de Risco de Urgência, no qual enfermeiros ou técnicos de enfermagem são treinados para atender o paciente em um tempo mínimo afim de ouvir a queixa e realizar o primeiro exames como a glicemia capilar e assim priorizar o atendimento dos pacientes que realmente necessitam.
5) Ainda existem os protocolos internos como esse, nos quais ficam definidos o que se deve fazer.

E com todos estes recursos muitos pacientes não são atendidos adequadamente! 

Pensando em tudo isso, junto ao questionamento da obrigatoriedade do teste de glicemia deve ser discutido a capacitação efetiva da equipe técnica que atende nos serviços de urgência e emergência do país. Pois, em se tratando de saúde humana, dependendo do procedimento adotado, não há como “consertar” depois, infelizmente.

Vejam alguns casos nos posts sobre a campanha nos blogs sobre Diabetes:
Ao Trabalho
DiaDiaDiabetes
Jujuba Diabética
Doces Contos de Uma Vida Doce
Eu, meu Filho e o Diabetes
João Pedro e o Diabetes
Viver Com Diabetes
Doce Dia
Minha Doce Marcela
A Diabetes e Eu
Minha Filha Diabética
Diabetes e Você
Clique na imagem para assinar a petição pela obrigatoriedade  de glicemia capilar  em hospitais e pronto-socorros
Agradeço à minha prima Roberta Souza, enfermeira formada pela Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo, pela valiosa colaboração nas informações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário