terça-feira, 30 de novembro de 2010

Minha querida amiga Roberta

Há pouco tempo conheci uma menina doce muito ESPECIAL.
Apesar de estar muuuuito longe daqui, e sem nem mesmo conhecê-la pessoalmente, nos tornamos AMIGAS!
Minha amiga especial já conquistou um lugar no meu coração.
Todos os dias penso nela, fico preocupada quando diz que não está bem e fico mega, ultra, super feliz quando diz que está bem.
E ontem eu fiquei mega, ultra, super feliz com o presentinho que recebi.
Olhem só a carinha do presentinho, é a carinha dela!!!
Coisinhas simples, mas muito cheias de significados...
Assim é a Roberta, pessoa simples mas com uma alma grandiosa.
Um espírito de luz que irradia amor...
Conquista a gente pela sinceridade e simplicidade...


sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Glicemia de 18/11 a 24/11

 
Nesses últimos dias andei gripada, como muita gente por aí.
Com isso nossa resistência dá uma queda, dá um certo desânimo para fazer as coisas.
A glicemia subiu, mas ainda bem que não permaneceu assim.
Agora já estou melhorando e o ânimo está voltando.
Já até consegui fazer um pouco de exercício nessa 4ª e 5ª feira.
Como o exercício físico é essencial para manter a glicemia em níveis normais! Faz uma baita diferença! Até a insulina tive que diminuir.
A glicemia dessa 5ª feira: jejum: 109, antes do almoço: 66, depois do almoço: 58 (apliquei 4 unidades de Humalog), antes do jantar: 43, depois do jantar: 127 (sem aplicar Humalog).

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Vivendo e aprendendo

Eu tenho um problema que não combina muito com a Diabetes.
Sou muito indisciplinada com meus horários.
Não consigo fazer tudo certinho, na mesma hora todos os dias.
Durante a semana até que eu consigo manter os horários durante o dia.
O meu problema é à noite. Todos os dias janto muito tarde.
Acabei criando uma estratégia por causa disso.
Sempre antes de jantar eu meço para ver quanto está a glicemia.
Se estiver baixa ou normal, janto normalmente, porém não aplico insulina.
Duas horas depois, meço a glicemia para ver se vai dar para passar a madrugada sem problemas.
Às vezes como alguma antes de dormir se necessário.

Por exemplo:
Nessa 4ª feira, a glicemia antes do jantar estava 74.
Comi 3 colheres de arroz integral (aprox. 27g de CHO), 2 rodelas de batata cozida (aprox. 10g de CHO), 1 colher de beterraba crua ralada (aprox. 2g de CHO), 2 colheres de cenoura crua ralada (aprox. 5g de CHO). O tomate, o agrião, a alface e o ovo cozido quase não têm carboidratos... Então no total, ingeri aproximadamente 45g de CHO.
 Duas horas depois, a glicemia estava 108. Olha que nesse caso, mesmo não tendo aplicado a insulina, tive que fazer um lanchinho. Não dá para ir dormir com uma glicemia dessa sem comer nada que é hipo na madrugada com certeza. O jejum no dia seguinte foi 109.
  
Sem aplicar a insulina, não é sempre que preciso fazer o lanchinho, assim acabo comendo menos...Então é assim que tenho driblado esse meu problema de jantar tarde.

Na 3ª feira também já foi assim. A glicemia antes do jantar estava 161. Jantei sem aplicar insulina. Depois do jantar a glicemia estava 135. Ainda fiz um pequeno lanchinho para garantir. O jejum no dia seguinte foi 131. 

Acho que com o tempo vamos observando como as coisas funcionam e acabamos nos adaptando. Não podemos é desesperar para que tudo seja milimetricamente correto... para mim isso não é possível...

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Meu adoçante preferido

Antes de eu me tornar diabética, eu usava muito açúcar e detestava adoçantes. Gostava de um suco docinho, um cafezinho com açúcar, achava um absurdo quem tomava cafezinho com adoçante, torcia o nariz para isso. Aí de repente, veio a Diabetes e me vi obrigada a cortar o açúcar no dia a dia. No começo não foi fácil, demorou para acostumar com o danado. Pra mim, todos eram muito ruins de gosto... não acertava na quantidade de gotinhas... Experimentei de vários tipos...uns que adoçavam muito, outros que não adoçavam nada, uns que deixavam aquele gosto amargo na boca, tentei em gotinhas, em pó...até que por fim encontrei um que me agradou, por ser muito próximo ao sabor do açúcar.
Acabei optando por usar o tão controverso adoçante de aspartame. No começo, usava em pó, mas pela praticidade acabei trocando pela versão em gotas. Quem já não recebeu email falando sobre os males que o aspartame causa? Nunca acreditei muito nisso, mas no fundo dá uma certa preocupação... Buscando alguma coisa sobre o assunto na internet, acessei o site da Sociedade Brasileira de Diabetes, onde encontrei uma reportagem a respeito dos boatos do aspartame: "Aspartame sem preocupações" e uma outra "Adoçantes Artificiais: o Aspartame".
Só devemos ficar atentos quanto ao uso do adoçante, pois o mesmo deve ser moderado e apenas quando necessário.
Agora, qual é o melhor? Cada um é que escolhe o seu...

sábado, 20 de novembro de 2010

Ácido acetilsalicílico e insulina

Agora a noite estou um pouco baqueada, pois acabei de sair de uma hipoglicemia horrorosa... Apesar da Lantus não fazer cair a glicemia repentinamente, dessa vez foi assim, em torno de uns 10 minutos pra me ver sendo socorrida para poder voltar à realidade com a ajuda de outra pessoa... Se estivesse sozinha, não sei o que aconteceria...não conseguiria voltar...
Estava descansando um pouco e estava tendo pesadelos...mas nada de acordar... De repente vejo o Douglas no maior desespero tentando me acordar, me dando yakult, melado, água com açúcar... E aí aos poucos fui voltando ao normal... O estranho que foi assim do nada, nem suei nada... geralmente fico toda molhada da cabeça aos pés...mas dessa vez não, fazia uns dez minutos que ele tinha ido lá e me perguntado se estava tudo bem... Diz ele que eu disse que sim...mas eu nem me lembro dele falando comigo... estranho também porque nem ele percebeu nada... e depois foi o maior "perereco".
Depois do episódio, ficamos tentando entender o que tinha acontecido, pois eu havia comido antes de deitar... Não aumentei a dose da insulina, não fiz exercício físico...nada havia saído da rotina...Depois de tanto pensar, chegamos a uma conclusão.
Desde quinta-feira a noite, estou com uma gripe chatinha... Sempre tomei ácido acetilsalicílico, a tão conhecida aspirina. Mas como nessa 6ª feira ainda acordei um pouco mal, tomei mais uma aspirina de manhã, uma a tarde e uma a noite. Desconfiamos...fomos pesquisar na internet sobre o uso da aspirina junto com a insulina... Eis que pesquisando em alguns sites, verificamos que a aspirina em altas doses potencializa a ação da insulina. Então só pode ter sido isso que me levou a uma hipoglicemia tão rápida e tão severa.
Desagradável é a sensação que dá depois que passa a hipoglicemia. Parece que a gente volta à estaca zero em relação à Diabetes. É sempre uma sensação de que não temos o domínio da doença...que não sabemos tudo o que precisamos...

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Apesar do descontrole...

 Nessa última semana, apesar de eu ter perdido um pouco o controle da glicemia, na média acabou ficando tudo bem. A A1C estimada não sofreu alteração em relação aos dias anteriores que não apresentavam números muito altos nas medições diárias. No dia 10/11 a glicemia média foi 173 e no dia 17/11 sem ainda medir durante a noite, a média foi por enquanto 181, bem mais altas dos que nos outros dias. O que não podemos é deixar isso ocorrer com muita frequência, para que no futuro não venhamos a sofrer as consequências de um mal controle.
Nossa vida é assim, devemos estar muito atentos a esses números que não são apenas "números", mas sim o resultado daquilo tudo que fazemos na vida. Eles refletem aquilo que comemos, bebemos, pensamos, agimos, sentimos. Por isso não podemos ignorá-los. Eu pelo menos levo muito a sério isso, pois sei que assim estou preservando a minha saúde e corrigindo o que está errado, sempre que possível.  

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Ana Cristina

Ana Cristina é minha mãe.
Hoje ela está completando 64 anos de idade.
E nesse dia, desejo a ela uma porção de coisas boas: saúde, alegria, paz, felicidade...
Parabéns com muito amor!

domingo, 14 de novembro de 2010

À todos os diabéticos...

E nesse Dia Mundial do Diabetes espero que todos tenham consciência que ter diabetes não significa ser doente. Ter diabetes significa estar atento com a sua glicemia diariamente, evitando hipos e hipers. Para isso basta ter uma alimentação correta, tomar os medicamentos corretamente, fazer atividade física, fazer os exames necessários regularmente e buscar informações. Não esquecer também de procurar sempre ser feliz... Mas felicidade verdadeira, dessas que temos quando estamos junto das pessoas que amamos, de quando fazemos novas amizades, de quando podemos ajudar alguém de alguma forma, sei lá... Cada um ser feliz do seu jeito, é isso que importa...

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Adoramos esse quartinho...

Moramos em um apartamento pequenininho, mas que adoramos cada cantinho dele.
Esse daí é um dos dois quartos.
É aí que estão as nossa maiores riquezas que possuímos e que não vivemos sem.
A caminha é minha desde quando morava na casa da minha mãe.
Pra onde a gente vai ela vai junto. Não desfaço dela nunca!
As quatro prateleiras da parede estão empinhocadas de filmes, livros, quadrinhos e cds (há coisa boas e ruins também!).
Na estante amarela (eu que pintei!!!) estão alguns discos. Mas não ouvimos todos, temos os nosso preferidos de todos os dias... Além de mais quadrinhos... e fitas cassetes antiquíssimas, mas que não temos coragem de jogar fora!!!
A mesa é multi uso, rsrs... Tem o computador de um lado e do outro sobra um espaço, onde geralmente faço meus mosaicos. Os apetrechos que uso para fazer mosaico estão guardados nessa caixa aí abaixo do mural. Mas já está pequena, preciso aumentar as prateleiras para organizar melhor.
Ainda cabem um baixo, um violão e uma caixa de som...
Querem nos encontrar? Provavelmente estaremos por aqui...


quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Descontrolou...

Pois é gente, a coisa tá feia!
Tenho passado por uns dias estressantes.
Com isso a glicemia vai na onda...
Ontem antes do jantar: 200, urgh... depois do jantar: 137, ok!
No jantar fiz pizzinha, mas acho que exagerei no queijo... e depois fui dormir um pouco triste com algumas coisas...
Hoje no jejum: 273, urghhhh... resultado da soma de tristeza com exagero no queijo. Nem pude comer nada direito pela manhã, mas como fiquei com fome comi 4 bolachas de gergelim com café. Antes do almoço medi e deu 282, urghhhhhhh...
Meus próximos dias serão em busca de uma dieta bem levinha, atividade física e me acalmar...
Afinal de contas, não gosto destes números altos.

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Comidinha saudável...

Tem gente que acha que o diabético não deve comer massas. Mas, devemos comer sim, desde que moderadamente e de preferência integral. Eu particularmente prefiro a massa integral, pois acho mais gostoso, além de ser super prático que pode usado de diferentes formas. Principalmente quando combinamos com outros alimentos que se complementam e formam um delicioso prato nutritivo e saboroso, além de não causar grandes impactos na glicemia. Esses dias, juntei o macarrão integral com tomate cereja, couve flor, atum, cheiro verde regado com molho shoyu. Ficou muito bom... E o melhor é que a quantidade de carboidrato fornecida por uma porção desse macarrão nem é tão alta assim... É super saudável...
Tomate cereja: é pouco calórico, além de ser boa fonte de vitamina C e de potássio; fonte de licopeno que é uma substância anticancerígena.
Couve flor: uma hortaliça importante do ponto de vista nutricional, é rica em cálcio e fósforo e fonte de folato e vitamina C. Além disso, é livre de gorduras e colesterol, e tem teores bem baixos de sódio e calorias.

Macarrão integral: por não ter passado pelo processo de beneficiamento ou refinamento, ainda possue as películas que envolvem os grãos. Essas películas são ricas em nutrientes como fibras, vitaminas e minerais. Por isso, é considerado boa fonte de fibras alimentares, além de possuir melhores quantidades de vitaminas B, B2, B5, B6 e de minerais como o fósforo e ferro.

Hummmm...muito bom...
Quantidade de carboidrato conforme o Manual Oficial de Contagem de Carboidratos da Sociedade Brasileira de Diabetes (2003)
Atum em água colher de sopa cheia - CHO: 0,05g
Couve-flor cozida ramo médio - CHO: 2,77g
Macarrão com ovos cozido colher de arroz cheia - CHO: 9,7g (não consta no manual o macarrão integral, por isso coloquei o que tinha lá mais próximo)
Shoyu colher de sopa cheia - CHO: 1,14g
Tomate cru maduro fatia média - CHO: 0,65g (não consta no manual o tomate cereja, por isso coloquei o que tinha lá mais próximo)

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Glicemia nos últimos 7 dias...





Apesar de apresentar uma boa média nestes últimos sete dias, a glicemia variou bastante am alguns dias da semana. Isso ocorre principalmente no final de semana, quando a gente acaba abusando um pouquinho... Por exemplo, no sábado depois do jantar, medi a glicemia e estava 298 e no domingo antes do jantar estava 234. Em ambos os casos, o motivo foi excesso no que comi (muito arroz, no sábado e muito sorvete no domingo)... NÃO DEVEMOS FAZER ISSO SEMPRE...Faço isso, mas de vez em quando... já pensou se todo dia fosse assim? O resultado não seria nada bom para mim...Agora durante essa semana, o negócio é pegar firme na dieta e atividade física!

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Procurando ser independente...

A relação que tenho com a Dra. Nanci (médica endocrinologista) é muito legal.
Ela não é dessas médicas que quando a gente chega no consultório, fica perguntando um monte de coisas e depois MANDA a gente fazer o que ela acha que é correto. Não acha ruim que eu abra o exame antes dela. Muito pelo contrário, já vejo todos os resultados antes, às vezes dá uns resultados estranhos que não sei o que significam, já dou uma pesquisada sobre o assunto e chego lá pra conversar com ela. Conversamos e sempre no final, acabamos chegando em um consenso.
Acho isso legal porque é como se fosse uma parceria. E outra, raramente a gente se encontra, então acho que não posso mesmo ficar dependendo muito dela. A vida é minha, é minha responsabilidade e sou eu que vou sofrer as consequências de um mal controle da doença ou vou ter uma vida tranquila se for o contrário.
Hoje, por exemplo, tive que diminuir um pouco das 50 unidades da Lantus (diminui 2 unidades) porque ontem parece que tive que passar o dia comendo para não ficar hipo, até insulina rápida não precisei para jantar. Mais o fato de que voltou o meu ânimo pra fazer exercício...
Assim espero diminuir mais as quantidade de insulina. Eu acho demais a quantidade que aplico, mas a Dra. Nanci me disse que o importante é manter a glicemia controlada, não importa quantas unidades sejam necessárias. Diminuindo a quantidade de insulina, consequentemente terei que diminuir a quantidade de comida e junto com a prática de exercício, espero finalmente perder uns quilinhos....

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Vamos todos ver esse vídeo muitas e muitas vezes!!!

Queria participar das comemorações do Dia Mundial do Diabetes, de alguma forma através do blog.
Eis que vi esse vídeo nos blogs da Nicole (mãe da Vittória) http://www.minhafilhadiabetica.wordpress.com/ e da Carol (mãe da Jujuba) http://www.jujubadiabetica.blogspot.com/.
Cada exibição do video até o dia 14 de novembro  dará 1 semana de insulina para crianças carentes!
Assim fica fácil ajudar muitas crianças para que possam ser beneficiadas com doações de insulina pela Roche, fabricante dos produtos ACCU-CHEK, em parceria com a Diabetes Hand Foundation !!

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Eu adoro...

Quando ele faz café...
Me deixa fazer meia horinha a mais do meu soninho,
Faz comidinha gostosa,
Dá o braço pra eu deitar
Faz massagem no meu pé
Quando toca seu contrabaixo, seu violão e canta
De madrugada, enquanto durmo ele está acordado
Quando meço a glicemia e me pergunta "quanto"?
Me cobre quando estou deitada no sofá
Ver filmes com ele e jogos do Corinthians
Suas plantinhas...
Eu adoro estar com ele...

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

1ª mulher eleita presidente do Brasil

Com 56% dos votos válidos, foi eleita a 1ª mulher presidente do Brasil, Dilma Roussef.
Se é homem ou mulher, não importa...
O importante mesmo é que a nova presidente eleita priorize as ações voltadas para a MAIORIA de sua população.