quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Eu adoro...

Quando ele faz café...
Me deixa fazer meia horinha a mais do meu soninho,
Faz comidinha gostosa,
Dá o braço pra eu deitar
Faz massagem no meu pé
Quando toca seu contrabaixo, seu violão e canta
De madrugada, enquanto durmo ele está acordado
Quando meço a glicemia e me pergunta "quanto"?
Me cobre quando estou deitada no sofá
Ver filmes com ele e jogos do Corinthians
Suas plantinhas...
Eu adoro estar com ele...

6 comentários:

  1. sobre o mesmo tema, um textinho que escrevi:

    Que todo mundo tenha um amor quentinho. Descanso pro complicado do mundo. Surpresa pra rotina dos dias. A quem esperar, de quem sentir saudades. Um nome entre todos. O verso mais bonito.A música que não se esquece. O par pra toda dança. Por quem acordar, com quem sonhar antes de dormir. Uma mão pra segurar, um ombro pra deitar, um abraço pra morar. Um tema pra toda história. Uma certeza pra toda dúvida. Janela acesa em noite escura.
    Cais onde aportar.Bonança, depois da tempestade. Uma vida costurada na sua, com o fio compriiiiido do tempo

    ResponderExcluir
  2. Que lindo Briza!!! Amei...

    E um viva ao Amor, Malfada...

    Bjinosssssss

    ResponderExcluir
  3. todos os vivas para o amor, mafalda.
    =D

    ResponderExcluir
  4. Daniiiiiiiiiiiiii, lindona!
    Este teu Blog é uma primozia!
    O poema então, que amor hein?!!!!
    Adorei!
    Super prático e especial como você!
    bjs e parabéns!!!
    :********************

    ResponderExcluir