sexta-feira, 10 de junho de 2016

de manhãzinha...

de manhãzinha...muito frio...
tempo ruim pra acordar.
tenho que acordar às 6h30. acordo às 7h30.
banho longo, apesar do atraso.
correria.
fazer café, torrar o pão, cozinhar o ovo...
dar atenção aos cachorros, alimentá-los...
trocar uma prosa.
catar as coisas e sair atrasada.
ihhh esqueci de aplicar a insulina do café.
aplica rapidinho e partiu trabalho.

bom dia!!!


quarta-feira, 8 de junho de 2016

Por que o leitor do Libre não vem numa bolsinha?

Um dos pontos negativos apontados pelos blogueiros que estavam presentes no evento do Libre em São Paulo foi a falta de uma bolsinha, caixinha, sei lá um lugar pra guardar o leitor do Libre. Estamos super acostumados né com a bolsinha do glicosímetro, a caixinha das insulinas etc...
Mas quando vai usando o Libre você percebe o porquê não tem um lugar pra vc guardá-lo.
Simplesmente pelo fato de que não precisa!!! hahaha...
Sabe por que não precisa? Você usa o Libre igual vc usa o celular. Toda hora!!!
Tenho carregado ele no bolso!!! Super prático. Simples assim. Já pensou se estivesse guardado em algo e toda hora precisasse pegá-lo? Não ia dar certo.
Então quando chegar o seu, não esquente com isso. Você verá que não vai precisar guardá-lo em algo. Ele foi feito pra vc usar milhares de vezes ao dia!!! rsrsrs...








sexta-feira, 3 de junho de 2016

FreeStyle Libre - Sistema de Monitoramento de Glicose - vantagens para o tratamento da Diabetes

Por trás das várias leituras dos valores da glicose ao longo do dia que você pode fazer, é possível inserir dados como quantidades de insulina lenta, rápida, alimento, exercício, medicamentos. Aliando estes dados aos resultados, é possível melhorar seu tratamento.

Além disso, há também uma série de gráficos, dos mais diferentes tipos, diário, semanal, mensal, com toda a variação de glicose ao longo do dia! Não entram somente as suas leituras, tem um retrato completo do comportamento da glicose! Por exemplo: você mede antes de dormir e depois mede ao acordar (geralmente isso né). Então com o Libre é possível saber como se comportou a sua glicose durante as suas horas de sono! Não é demais isso?? Eu achei...rs... Eu sempre tive curiosidade de saber como estava a glicose entre uma medição e outra. Com o Libre vc e seu médico tem esses dados completos!

Alguns exemplos:




Uma super ferramenta né?

Adorei entrar em contato com esta tecnologia.
Mas, como toda nova tecnologia, o custo é alto! Pelo menos pra mim é.
Não tenho como custear isso.
Mas não fico triste não, pois continuarei picando meus dedos como sempre fiz!
Com as tiras que recebo do governo.
Não vou deixar de picar meus dedos, de saber quanto tá minha glicemia pra saber o que devo ou não fazer!
Mas olha, pra quem pode, deve sim usar!
Obrigada Abbott pela oportunidade!


FreeStyle Libre - Sistema de Monitoramento de Glicose - medindo, medindo, medindo...

Depois da decepção inicial do uso do Libre, com resultados bem divergentes entre o Libre e o meu glicosímetro, vem a admiração...rs...

Os resultados entre os dois começam a ficar bem parecidos. Uma diferença constante que observei foi de aproximadamente 10mg/dL a menos para o Libre. Então, depois de calibrado, sim ele funciona super bem e além de mostrar o quanto está a taxa de glicose, ele mostra uma setinha. Essa é uma setinha de tendência da glicose, ou seja, ela indica a direção para qual a glicose está indo. Legal isso né?

Vejam aqui os exemplos:



São 5 setinhas: uma que mostra se a glicose está subindo rapidamente, descendo rapidamente, que está subindo, que está descendo e outra que ela está se modificando rapidamente.

Além das setinhas, aparece tb um gráfico com o intervalo alvo definido por vc (nas configurações antes de começar a usar o libre). No meu caso, defini um intervalo de 70 a 160.






quinta-feira, 2 de junho de 2016

FreeStyle Libre - Sistema de Monitoramento de Glicose - começando as medições

Pois é, logo depois que o sensor é colocado na parte de trás do braço (sim, o indicado é somente atrás do braço, não pode colocar em outro lugar), você só pode começar a usá-lo de fato após 1 hora.
Então você tem que segurar a ansiedade...rs...
Passada 1 hora, com aquela ansiedade, vc começa a medir...
E vem a grande decepção logo de cara!
Você passa o leitor no sensor, toda feliz e vê o resultado. Beleza.
Daí vc vai medir no glicosímetro com a tira e a sua tão amada gotinha de sangue.
E????
Dá a maior diferença entre os dois resultados!!! Ahhhh que decepção!!!
Vc começa a ficar com o pé atrás, pois os resultados são bem divergentes.




Então...pra mim este foi um ponto negativo observado, pois tem um tempo pra que comecem a bater os resultados do Libre com o glicosímetro. O que eu fiz?
Fui comparando os resultados dos dois em todas as medições até que chegou um momento que as diferenças diminuíram ou que praticamente dava o mesmo resultado em ambos. No meu caso levei uns dois dias nesta comparação. Quando cheguei neste ponto, passei a medir mais vezes no Libre sem necessariamente medir no glicosímetro (mas, como sou muito desconfiada, hahaha, continuei medindo normalmente nas horas que costumo medir picando meus dedinhos e aumentei medições extras com o Libre).
Aqui, é bom ressaltar que o Libre não vai substituir por completo as picadas no dedo! Sempre que houver troca de sensor, terá um tempo para calibrar (há outras situações tb, qdo vc mede e a glicose está alta, baixa e qdo vc sente que não está batendo o valor com o que vc está sentindo. por ex, vc sente que está com hipo, aí o libre dá um valor normal, então vc precisa medir com a fita pra verificar). Infelizmente.
Porém, depois de calibrado, é só alegria!!! rs...Então se o sensor dura 14 dias, desconta aí uns dias iniciais até calibrar o aparelho (das pessoas que testaram, uns relataram que levou 1 dia, outros 2, outros 3...)

Continua...


FreeStyle Libre - Sistema de Monitoramento de Glicose

Olá pessoal!

Estou muito feliz, pois nesses dias estou fazendo um teste com o FreeStyle Libre - Sistema de Monitoramento de Glicose. 

Já ouviram falar? Acho que a maioria já sim! E eu como a maioria estava curiosa para saber como funciona.

E não é que eu, assim como outros blogueiros, recebemos o kit da Abbott para experimentar e relatar nossas experiências cada um em seu blog :D :D :D


No Brasil será vendido apenas pelo site https://www.freestylelibre.com.br/, mas é preciso ver os prós e contras e ver se pra você, ele será essencial!!!

No site há informações sobre a necessidade do cadastro para a compra, valores e informações gerais.

Aqui postarei alguns registros e observações minhas sobre o uso desta nova tecnologia que está chegando aos diabéticos do país.

Vou começar postando um vídeo sobre a instalação do primeiro sensor. E depois vou postar o dia a dia com o aparelho.


quarta-feira, 4 de maio de 2016

Check-up geral na situação...

Acabei de dar um check-up
Geral na situação
O que me levou a reler
Alice no país das maravilhas...

hahahaha, mentira...só aproveitando o comecinho de uma música do Raul Seixas :D

Mas a verdade é que sim dei um check-up geral na minha situação...
E...acabou a moleza baby.

Levei um baita susto um dia desses...Para ser mais exata, dia 13/4/2016.
Depois de 11 anos de diabetes, pela primeira vez no meu medidor um número que me pôs pra baixo: 431!!!
Minhas hipers sempre foram no máximo 200 e poucos. 300 dá pra contar nos dedos quantas vezes apareceram. Mas 400, foi demais!!!
Cinco dias depois, 390!!! Fora que no mês de abril, minha planilha de glicemias de jejum ficou roxa de tantas hipers pela manhã. Que chato isso!
Então, sem mais ladainhas, o negócio é ficar na marcação. Na marcação dessa diabetes!
Meu objetivo para esse mês: ajustar minhas glicemias de jejum!
Um desafio: no mês de junho postar as glicemias de jejum deste mês de maio com a maioria verdinha aí :D

quarta-feira, 9 de março de 2016

Uma madrugada qualquer...


Sonho ruim.
Parece que vai me levar a um outro lugar.
Num passe de mágica, acordo.
No mesmo momento já nem me lembro do sonho. Só da sensação.
Sensação de hipoglicemia.
3:55 - 40mg/dL.
Sei que tenho segundos para usar o pouco raciocínio que ainda tenho.
Devo ser certeira e objetiva.
Levantar e ingerir açúcar.
Esse é o pensamento.
Não devo ter dúvidas; se como doce de leite, se como uma fruta, se como uma colher de mel...
Dessa vez, o pensamento foi açúcar!
Corro pra cozinha (daquele jeito) pego um copo, ponho 2 colheres de açúcar, espremo um limão que estava perto e misturo a água. Tomo tudo em um segundo.
Ainda sobra uma certa dúvida, então ponho mais uma colher de açúcar, espremo uma laranja e um pouco de água e tomo de novo.
Pronto! Sei que agora é só esperar a sensação ruim passar.
Sei que vai passar, mas até passar, dá um certo medo.
Meço de novo.
4:03 - 50mg/dL.
Sei que tá subindo. Mas mesmo assim, melhor colocar o despertador para daqui uns minutos ver como está.
4:31 - 83mg/dL.
Pensamentos...tá bom, não tá...Acho que sim...meia hora depois de ter ingerido açúcar...ainda vai subir mais...Pq se for lá comer mais, depois pode dar hiper...É acho que sim...Vou dormir...
7:41 - 142mg/dL...

Obs: Poderia (deveria) ter acordado meu marido pra ele me ajudar? Sim. Mas, como ainda tinha um mínimo de noção e de força, fui lá eu para testar o limite. Parece dessas cenas de filmes que assistimos em que a pessoa está tirando todas as suas forças para sobreviver a uma situação que parece não ter mais volta. E tudo em segundos se resolve... Por isso, hipoglicemia é e sempre será meu maior medo em relação à Diabetes.

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Quer ver sua glicada abaixar?


Tenha um cachorro! Aliás tenha no mínimo dois! :D
Faz bem pra você e faz bem pra eles!
O Joe chegou em casa há exatamente 1 ano.
Chegou aqui no dia 30/11/2014.
Joe lindão!


Tínhamos dó dele ficar sozinho, sem companhia canina.
A Amora chegou em 26/7/2015.
União perfeita!
Tenho muito a agradecer a esses dois...
Amor perfeito 
(segredinho pra abaixar a glicada)

só não reparem na minha cara...kkkk

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Desabafo por Cristiane Gamarano - Minas Gerais

Pela amiga Cristiane Gamarano:

Eu fico sempre admirada com a minha força e determinação em sempre manter as glicemias dentro do padrão, e a minha saúde perfeita . Confesso que erro e muito, por causa dos meus excessos, provoco hipoglicemias, que em grande parte não são nada cordiais comigo. Juro, não ligo em ter que furar meus dedos uma média de 8 vezes ao dia, de ver neles a marca dos meus cuidados. Não ligo de comprometer mais de 50% do meu orçamento, com plano de saúde, consultas e medicamentos. Faço questão de fazer no mínimo 6 horas semanais de bicicleta o que dá no mínimo 150 km percorridos por semana. Confesso que as vezes ao final de um dia de trabalho quando o cansaço já me consome, a minha vontade é de ir para casa dormir, e com o calor que está fazendo ultimamente esta vontade só aumenta. Entretanto, em 99% das vezes fico só na vontade mesmo, e lá vou eu pedalar. Cortei a gordura da minha alimentação, nada de frituras, nada de comida gordurosa, nada de doces (exceto em caso de hipoglicemias). Enfim, faço a minha parte. Entretanto, os meus governantes não fazem a parte dele e isto me faz ficar com muita raiva, já ouvi tantas coisas absurdas. Eu sei que a saúde do cidadão é dever do Estado. Mas, para o Estado cumprir o dever dele você as vezes temos que entrar com uma ação judicial e mesmo assim, isto não é garantia. Meus insumos, por exemplo, que foram conseguidos via ação judicial estão em falta, sem eles minha bomba de insulina não funciona, minha glicemia não é medida e meu controle fica comprometido. Ligo n a secretaria de saúde cobrando os insumos, e a resposta? "está em falta e/ou em processo de compra minha senhora". E eu faço o que? Sento e choro? Faço empréstimo em banco? Eu dobro o tempo de uso dos insumos comprometendo minha saúde? Eu economizo nas fitas e verifico menos a minha glicemia? Pior ainda é você ligar cobrando e ter de ouvir da atendente "os insumos não estão em falta, mas infelizmente/ somente iremos fatura-los no mês que vem". Ah! Então tudo bem, foda-se você este mês.
Como se não bastasse o transtorno com o diabetes, o colesterol também resolve sair dos eixos, a sinvastatina não resolve o problema e outro medicamento entra na lista para tornar ainda mais oneroso os meus gastos com a minha saúde. Fico sabendo que o medicamento é fornecido via processo administrativo pelo estado de Minas. Eu junto a papelada, um tanto de exames e levo para o meu medico preencher o formulário, perco no mínimo meia hora da minha consulta. Junto a papelada viajo quase 80 km para entregar, dois meses depois processo indeferido o motivo? Segue: "a paciente embora portadora de diabetes tem menos de 50 anos de idade". Beleza, pessoas com menos de 50 anos podem ter colesterol descompensado. Uma coisa eu deixo bem clara os governantes da nossa querida Minas Gerais, eu irei viver e muito para da bastante despesas para o estado. E com relação o processo da atorvastatina? Resolvi continuar comprando o medicamento pois, embora vocês estejam nem aí com a minha saúde, eu estou muito comprometida com ela. Eu engulo o descaso, a falta de respeito e humanidade.

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Meu Dia Mundial da Diabetes foi assim:


Meu Dia Mundial da Diabetes foi assim...uma correria...rs...
Acordei cedo para terminar de costurar um presente de aniversário para a minha mãe.

Caminho de mesa - patchwork
Tentei arrumar um pouco a casa e fiz almoço.
Depois fomos a um lugar que nunca tinha ido antes, apesar de já ter ouvido falado muito.
Fica na cidade vizinha, São José dos Campos, SP o Parque Vicentina Aranha.

Eu, Douglas e Murilo (nosso lindo sobrinho e afilhado) 
Fomos lá para o lançamento de um livro (coisa que nunca tinha feito tb!).
Meu cunhado, o poeta Gustavo Terra, irmão do meu marido Douglas, lançou seu 1º livro "Cantata dos Ventos". Chique né?? Quem quiser comprar, ele está no Facebook!

http://editoramultifoco.com.br/loja/product/cantata-dos-ventos/
Depois fomos à festinha de aniversário da minha mãe Ana Cristina que na verdade é no dia 16, mas comemoramos no dia 14! Parabéns mãe!!!

Minha mãe, baixinha e arretada! Uma amiga para sempre contar!
E além de tudo, teve minha atenção à Diabetes. Tudo certo!
Lembrei o quanto é importante termos nossos insumos e medicamentos em dia!
Esse é o meu desejo a todos os diabéticos: que tenham seus insumos em dia. Nada mais importante que isso. Depois disso vem o bom uso de todos eles para se alcançar um controle sempre próximo do melhor possível!
Deixo aqui o link do excelente texto da amiga Débora Aligieri sobre o Novembro Azul: diabetes, democracia e participação social

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Caminho do meio...

Ontem, passei o dia inteiro tendo hipos.
Mesmo não aplicando Humalog, não consegui segurar as hipos.
Fui tentando me segurar comendo frutas.
Até enjoei de tanto comer frutas...kkkk
Mas, isso muito me intrigou...
Daí fiquei pensando o que poderia ser a causa.
Cheguei à conclusão de que poderia ser o novo frasco de Lantus que comecei a usar.
Será que isso tem a ver? Acho que sim...sei lá...
Só sei que hoje acordei com a glicemia em 70, depois de ter hipo de madrugada e durante o dia inteiro de ontem.
Na manhã de hoje, diminuí duas unidades de Lantus. Fiquei feliz agora que medi e estava uma glicemia de 159 após o café da manhã.
Porque não é fácil, a hipoglicemia desgasta muito a gente. É bem cansativo.
Por isso temos sempre que buscar o caminho do meio. Nem alto, nem baixo, mas o caminho do meio...



quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Do que a Diabetes me curou? Problemas bucais

Um outro problema que eu tinha quando não sabia que era diabética: problemas bucais, principalmente nas gengivas. Tinha a gengiva mais avermelhada do que o normal, sempre estava inchada e dolorida. Machucava com facilidade e tinha também a retração. Era um incômodo! Tanto no sentido físico quanto no estético. E eu nunca iria imaginar que isso tinha a ver com a Diabetes!
Diabetes mal controlada, com altos níveis de açúcar no sangue, por um longo período, agrava esses problemas.
Então, imaginem essa pessoa aqui que até descobrir que estava com Diabetes,o que estava passando com dores nas gengivas. Depois que tive o diagnóstico e passei a tomar os devidos cuidados que estabilizaram as minhas glicemias, aos poucos o problema desapareceu!


quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Do que a Diabetes me curou? Problemas de pele

Olá pessoal, hoje me lembrando da minha vida, no período anterior ao diagnóstico da Diabetes, me passou isso pela cabeça: que a Diabetes curou alguns males que vinha sofrendo.
Então pra não ficar longo demais, vou falando um de cada vez...rs...
O primeiro que gostaria de falar é em relação aos problemas de pele que uma Diabetes mal controlada pode trazer.
Na época estava diabética, mas ainda não sabia deste fato em minha vida!
Um dos problemas que vinha sofrendo era com a minha pele. Nossa! Como me incomodava!
Minha pele era extremamente seca, o que me levava à coceiras horríveis. Essas coceiras deixavam feridas pelo corpo, mas principalmente nas minha pernas. Deixavam tb manchas escuras, principalmente na região das costas. Era muito feio!
Meus pés então! Que vergonha eu tinha! Sabe destes pés cascorentos, nojentos, cheio de frieiras, com unhas cheias de infecções e ressecados? Passava creme e tudo, mas não adiantava. Cheguei até a ir em uma dermatologista, mas neste caso, não adiantaria fazer um tratamento visando apenas este problema né? Já que estava relacionado à Diabetes. Mas a dermatologista nem levantou essa hipótese na época... Estranho né?
Hoje não, minha pele é normal, meus pezinhos tb...rs...Aquelas coceiras, que meu marido achava que era algum problema psicológico que eu tinha...kkkkkk não existem mais!
Sabe por que? Porque sei que tenho Diabetes e que preciso mantê-la sob controle! Pra que sofrer né com os males que ela pode trazer?

terça-feira, 27 de outubro de 2015

Lavanda Flowers - Roberta Tano

Minha amiga láááááá do Japão, Roberta Tano que também é diabética tipo 1 realizou o maior sonho de sua vida!
Nasceu sua linda filhinha, a Eliza, e ela está toda radiante.
Precisava deixar registrada aqui uma homenagem a essa pessoa linda, inteligente, delicada, dedicada, caprichosa e tudo mais!!!
Criei este humilde blog, inspirado no blog dela "Dia após Diabetes"  hoje desatualizado (mesmo assim, vale a pena dar uma olhada), pois agora ela se dedica ao seu canal do Youtube "Lavanda Flowers". Neste canal ela faz vídeos sobre a sua vida lá no Japão. Mostra sua casa, sua família (Renato, Sora, Nami e agora Eliza), seus passeios e muito mais! Quem não conhece, veja! Ela é uma inspiração! Tem também uma página no Facebook.
Pois é gente, diabéticos tipo 1, ela é uma das nossas!


terça-feira, 20 de outubro de 2015

Se eu me chateio com a diabetes?

Se eu me chateio com a diabetes?
Sim, me chateio.
Ontem, por exemplo, acordei com 57 de glicemia.
3 horas depois estava em 229.
1 hora e meia depois, 200.
3 horas depois, 207.
É para desanimar e chutar o balde?
NÃO!
Aquele foi um momento.
Depois disso continuei com as medições e tudo que o diabético tem que fazer diariamente.
Hoje?
Hoje foi um novo dia.
Acordei com a glicemia em  110!
2 hora depois 114.
E assim vamos seguindo.
Alto? Baixo?
O importante é saber quanto tá e ver o que fazer.
Vamos sempre mirar o alvo.
Claro que nunca acertaremos!
Mas, mesmo assim, vamos lá \o/



quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Melancia!

E quem disse que não tem novidades na vida de um diabético?
Depois de anos e anos, praticamente na mesma rotina, parece que nada mais nos surpreende.
Mas hoje experimentei uma novidade...rs...
Bom, todos os dias meu celular está programado para tocar três vezes antes de eu me levantar em definitivo pela manhã.
Está programado para tocar às 6h, 6h30 e 7h (apesar de ficar tocando em 10 e 10 minutos, pra eu desligar e continuar mais um pouquinho...rs...)
Toca às 6h, porque preciso tomar o Euthyrox por causa do Hipotireoidismo, que deve ser tomado em jejum e ter que esperar pelo menos uns 20 minutos para poder comer algo.
Depois toca às 6h30, para eu verificar como está a glicemia. Se estiver Ok, continuo dormindo até às 7h (apesar de que deveria acordar às 6h30 sempre!!!)
E das 7h em diante levanto, aplico insulina Lantus, vou tomar banho e tals...
Mas, às vezes não posso tomar o Euthyrox por causa de hipoglicemia logo cedinho.
E foi o que aconteceu hoje. Eu sinto que tem cheiro de hipoglicemia no pedaço, já vou medir às 6h. Fazer o que né? Cuidar da hipo em primeiro lugar!
Estava 58. Na preguiça da manhã, abri a geladeira e me deparei com deliciosos pedaços de melancia geladinhos.
Mas, tinha um porém, nunca tinha corrigido uma hipo com melancia!!! E muito menos tinha noção da quantidade de carboidratos de uma fatia de melancia!!!
Mas, resolvi arriscar comendo duas (enormes) fatias...rs...
Depois fiquei atenta para ver se realmente iria subir a glicemia.
Sim! Subiu bem, de 58 foi para 145 em 50 minutos!
Devia ter comido uma fatia só né...rs...

De acordo com o Manual de Contagem de Carboidratos da Sociedade Brasileira de Diabetes, uma fatia de 200g de melancia tem 14g de carboidratos.

Clica aí no Manual e salve uma cópia para você. Tem a quantidade de carboidratos de vários alimentos. Porque sempre tem um alimento que não sabemos quantos CHO tem!!!




terça-feira, 6 de outubro de 2015

...e todos os santos dias...

...e todos os santos dias...
acordo, meço, aplico insulina.
vou tomar café da manhã, aplico insulina.
duas hora depois, meço.
como uma fruta.
daqui a pouco vem a hora do almoço.
meço. aplico insulina.
duas horas depois, meço.
pode ser que precise de mais insulina (ou não).
como uma fruta.
duas horas depois é hora de pegar o carro e ir pra casa.
meço. chego em casa tomo o lanche da tarde.
provavelmente precise de insulina.
duas horas depois, meço.
hora do jantar, aplico insulina.
meço, tomo um lanchinho
e vou dormir...

Aí, a pessoa lê isso e pensa, "nossa só faz isso na vida sempre e pra sempre?"
aí eu digo: não gasto mais que um minuto pra medir e aplicar insulina. Então, num dia de 24 horas, não gasto nem 10 minutos com estes cuidados.
Então a vida não dá pra ser só isso.
Tenho que trabalhar, fazer comida, limpar a casa, lavar roupa, brincar com os cachorros, fazer e dar comida pros cachorros, visitar a família, assistir séries, fazer exercício, ver jogos do Timão...e por aí vai...

Então, você aí diabético, você também pode (e deve) dar mais atenção à sua saúde e fazer as tarefas diárias que a danada exige :D



segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Parabéns blog querido! 5 anos!


Eu, desatenta que sou, deixei passar em branco o dia 30 de agosto...
Estava tão ansiosa para que aquele longo mês acabasse, que nem me lembrei do níver do blog!
Já são 5 anos que escrevo neste bloguinho meu.
Às vezes acho que não vou ter mais nada para escrever, pois tudo que nos acontece são sempre as mesmas coisas...
Mas...sempre tem uma coisinha diferente, algo novo, ou não...
Porém, compartilhar a experiência é assim mesmo...às vezes aquilo que achamos que já falamos muito, na verdade tem sempre alguém novo no pedaço, precisando exatamente daquilo! Não é mesmo?
E outra, registrar facilita bem nossa vida...Exames, glicemias, alguns fatos que fizeram subir ou descer a glicemia, alguma atitude diferente que influenciou nos controles...
Por isso gosto tanto de registrar aqui algumas coisas sobre a minha Diabetes!
Obrigada a você que de uma maneira ou de outra, se identifica com as minhas anotações.
Fico feliz por isso! Valeu gente!!!

terça-feira, 25 de agosto de 2015

o que precisa e o que não precisa...

responda para cada item: precisa ou não precisa.

1) tem vergonha de ter diabetes?
2) se alimenta bem por causa da diabetes?
3) tem medo de ter diabetes?
4) fica triste por causa da diabetes?
5) odeia a diabetes?
6) procura conhecer outras pessoas com diabetes?
7) ignora a sua diabetes?
8) fica feliz com as pequenas conquistas diárias com a diabetes?
9) se isola por causa da diabetes?
10) come muito por raiva da diabetes?
11) procura se informar sobre a diabetes?
12) busca ser perfeito?
13) procura conviver bem com a diabetes?
14) toma os cuidados necessários por causa da diabetes?

e aí? acho que dá pra completar né...deixe a sua contribuição nos comentários!

meu gabarito:
1) não precisa
2) precisa
3) não precisa
4) não precisa
5) não precisa
6) precisa
7) não precisa
8) precisa
9) não precisa
10) não precisa
11) precisa
12) não precisa
13) precisa
14) precisa

e o seu? como ficou? precisa ou não precisa mudar alguma coisa? rs...

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Hoje de manhã...

Hoje acordei às 7h. Medi a glicemia que estava 77.
Amei né, porque as glicemias de jejum tem sido bem fora do ideal. faz tempo que estou tentando acertar o alvo. Ultimamente tenho conseguido \o/.
Como gosto de acordar e já ir direto para o banho, achei que 77 não era uma glicemia legal. Até tomar banho, me arrumar, perder um tempinho com os cachorros...resolvi chupar uma laranja antes de tudo. Ok!
Chupei laranja, tomei banho, me arrumei, perdi um tempinho com os cachorros, e fui preparar meu café.
É sempre uma correria, mas não podemos sair de casa sem comer né!!!
Fiz um café, cozinhei um ovo e preparei um pouco de iogurte.
Gente, este iogurte é caseiro, super fácil de fazer!!!
E a vantagem que vc pode depois misturar o que quiser. E também sai beeeeem mais barato do que comprar desses vendidos em supermercado!
Eu por exemplo, comi o meu com uma colher de geléia de amora (zero) e adoçante. Já o Douglas comeu o dele com mel. 
Querem ver:
Coloque 1 litro de leite para ferver (de preferência integral e sem ser de caixinha)
Espere ficar morno, ao ponto de vc colocar o dedinho e aguentar por 10 segundos.
Misture 1/2 copo de iogurte natural neste leite morno.
De preferência, faça à noite, pq daí vc coloca uma vasilha fechada com uma tampa e enrolada em um pano e deixe passar a noite dentro do forno do fogão.
No outro dia de manhã, já estará pronto. Depois vc pode guardar na geladeira.
Fica uma delícia!
Então resumindo foi assim:
Acordei com a glicemia 77.
Chupei uma laranja.
Comi 1 ovo cozido, 5 colheres cheias (de sopa) de iogurte e 2 xícaras de café preto.
Apliquei insulina rápida.
Depois do café: glicemia 121.

 
É isso! Um bom dia, tarde, noite pra vc!!! :D

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Só para constar: 11 anos de diabetes :)

Ontem um amigo diabético me falou assim: "amiga fale sobre a sua diabetes".
Difícil né, começar a falar assim de uma coisa tão ampla. Como começar?
E sei lá acho que é meio automático, a gente começa a falar do começo né...rs...
E lá fui eu relembrar...
E não é que com isso me lembrei que este mês (agosto) é o níver da minha diabetes? rs...
Olha só a minha primeira glicada, de quando nem sabia que era diabetes...


Observem a data do exame: 05/8/2004.
Este exame foi pedido pela oftalmologista.
Como havia um tempo que vinha enxergando tudo embaçado (justo eu que tenho uma super visão!!! rs), fui procurar uma oftalmo. Mas não era só este sintoma que vinha sentindo...Havia outros (cansaço, sede em excesso, urina em excesso, fraqueza...). Comentei com ela sobre tudo isso...
E ela me falou: vou pedir um exame de sangue, porque na verdade pode ser outra coisa...kkkkk (adivinhem!!!)
Logo depois entrei em colapso e fui pro hospital.
Fiquei internada por uns dias...me lembro que era por estes dias de agosto, pois minha irmã faz aniversário dia 15 de agosto, e neste ano no aniversário dela estava internada.
Desde então, todos os anos neste mês me passa um filminho na cabeça.
Fico me lembrando desde o início com muitas dúvidas, medos, sustos (principalmente com as hipoglicemias) e que com o passar dos anos o quanto fui aprendendo a conviver com a diabetes.
Sei que é um caminho longo (por enquanto que não há cura, sei que será para toda minha vida!), e que muito ainda tenho a aprender e também a me cuidar.
É uma doença delicada, porém temos que correr atrás de muita informação e principalmente colocar em prática, pois o sucesso e o fracasso, as alegrias e tristezas, os altos e baixos dependem exclusivamente de nossas ações!
Obrigada a todos que acompanham o blog (que só existe graças à Diabetes...rs...)
E depois de tanto tempo, hoje sou muito feliz. Hoje vivo com meu companheiro (que assim como a diabetes é para toda a vida <3, temos nossa casinha com quintal com árvores que veremos crescer nos próximos anos e dois lindos cachorros. 


quarta-feira, 15 de julho de 2015

E aí, como estão as coisas?

No último dia 02/7/15 tive mais uma consulta com a nutricionista.
Confesso que quase desisti de ir, conforme já falei aqui  sobre minha "deixada de lado" da dieta, horários e atividade física.
Mas, respirei fundo e fui. Fui porque sei que são nessas horas que desistimos de certas coisas, é que depois láááá na frente, a gente acaba se arrependendo de não ter feito o certo na hora certa.
Gente, a nutri é muito boa! Expus todas as minhas dificuldades do período e ela me veio com uma injeção de ânimo. Nada de bronca, puxão de orelha e sim muita compreensão e competência para re-orientar o trabalho já iniciado há mais de um ano.
Chegamos à conclusão que a coisa não estava tão ruim assim. É claro que alguns resultados de determinados exames foram a consequência das minhas atitudes. Mas, nada demais também...hahahaha...
Continuo dentro dos limites desejáveis em relação ao meu peso. Mas eu preciso ficar atenta, pois os valores estão mais próximos do limite máximo do que do mínimo. Então mais um passo errado a frente e já começo a ter alguns probleminhas...rs...
De uma maneira geral, engordei 400 gramas do meu peso em relação à última consulta (tava com 57,1, agora estava com 57,5 kg). Minha massa muscular abaixou um pouco (tava com 23,3, agora estava 23 kg). Minha massa de gordura subiu de 14,4 para 16,6 kg). Isso aí que foi terrível!!! kkkk...No fim das contas preciso eliminar 2,9 kg de gordura! Ahhh, já estava esquecendo, diminui 1 cm de cintura :) e aumentei 2 cm de quadril :(
Tá ruim, mas tá bom kkkkk...
No mais, continuarei com minha dieta, usando alguns alimentos funcionais e tomando alguns suplementos para ajudar no controle da glicemia, na perda da gordura e para ganhar um pouco mais de massa muscular (com a ajuda do exercício físico).
Estão vendo como é importante termos a ajuda de um profissional da área de nutrição? Faz toda a diferença.

 






segunda-feira, 6 de julho de 2015

Sendo sincera.

Olá pessoal!
Faz tempo que não atualizo.
Mas é que passei por um tempo sem muita inspiração.
Vinha seguindo direitinho as orientações passadas pela nutri, até que consegui emagrecer 10 quilos.
Fiquei hiper contente! Mas sabe como é o ser humano né (ou pelo menos alguns kkkk).
Cheguei no peso que queria. Havia emagrecido certinho, devagar, com eliminação de gorduras sem perder massa muscular e tals. Mudanças nos hábitos alimentares e atividade física regular.
Dei uma olhada no blog e vi que em fevereiro quando tive uma consulta com a nutri, já estava querendo me desviar da atenção que vinha tendo.
Daí pra frente, desviei muito pra falar a verdade. Estou sendo sincera.
Passei a boicotar um pouco a dieta. Voltei a comer certas coisas que sabia que não me fariam bem. 
Quando a gente começa a comer "certas coisas" (hahaha), começa também a aumentar a necessidade de insulina. Aí pra virar uma bola de neve fica fácil né.
Mas, fui jogando daqui e dali. Além disso horários também ficaram difíceis de cumprir, preguiça que aumenta, entre escolher entre tirar uma soneca e fazer meia hora de exercício, qual opção você acha que era escolhida?
Isso foi gerando um certo pânico em mim. Mas, ficava sempre de olho na balança e também nas glicemias. Ainda bem que meu peso não sofreu grandes alterações e a glicada até baixou um pouco. Porém, isso não é legal! Compreendi que tudo é um conjunto. Não dá para lidar com a Diabetes, somente pensando nos números das glicemias. Pode até estar dentro do limites desejados, mas a que custo? Doses a mais de insulina para cobrir as comilanças a mais? Não pode né gente! Doses a mais de insulina porque resolvi dormir em vez de me exercitar? Não, não pode também!
Até que chegou a hora do "acorda pra vida menina". Vamos lá. E o trabalho todo feito desde maio de 2014, quando foi a minha primeira consulta com a nutri em que eu estava bem acima do peso ideal? E as doses de insulina que eu consegui diminuir drasticamente por conta de uma dieta saudável e também com um pouco de atividade física?
Até que voltei agora dia 02 de julho de 2015 na nutri e decidi me restabelecer novamente.
Sobre isso, conto em outro post, pois esse já tá mega...rs...


Em dia de exame, morro de medo de ficar com hipo por conta do jejum. Mas também não era pra exagerar né kkkk. Glicose em jejum: 199 :p A glicada baixou do último exame para esse (estava 6,9% baixou para 6,6%)

Colesterol sempre no limite :p Sabe uma coisa que super influencia nisto? Atividade Física!!!
 
Êêêê, pelo menos o hormônio que tomo para o hipotireoidismo está funcionando certinho :D .
Já a vitamina D, terei que voltar a tomar, pois ainda está crítica minha situação :p
De resto tá tudo bem :D
 



quinta-feira, 19 de março de 2015

Conhecem o pequeno Gabriel?

Olá pessoal! Conhecem o Gabriel? Ele é um bebê de 2 meses e poucos e desde seus primeiros dias aqui na Terra tem enfrentado uma jornada dura. Esteve internado por vários dias e depois de ter diagnosticado DIABETES NEONATAL, hoje está voltando pra casa usando sua bomba de insulina. É uma história cheia de dificuldades, mas que aos poucos vai se ajeitando com a ajuda de muitas pessoas. Ele é daqui de Jacareí, SP e sua família no momento tem necessitado de doações principalmente de leite NAN 1 (Confort) e de fraldas descartáveis (tamanho M). Claro que todo tipo de ajuda é bem vinda, não só para o bebê, mas para sua família que é bastante humilde. Quem mora em Jacareí pode fazer as doações diretamente na casa da família. Quem puder ajudar financeiramente existe uma conta na qual as pessoas estão fazendo as doações. Um pouquinho que cada um possa oferecer, juntando será muito! Vamos ajudar? A mãe já está correndo para garantir o fornecimento de insulinas e insumos necessários para o tratamento da Diabetes da criança. Vamos torcer para que tudo dê certo \o/

Clique na imagem para conhecer a página no Facebook "Juntos pelo Gabriel"



quarta-feira, 11 de março de 2015

A matemática não é exata...

Com a diabetes a matemática não é exata.
Você pode fazer tudo igualzinho todos os dias (ou achar que faz tudo igualzinho...rs...)
Mas nem sempre o resultado será igual.
Por isso, se você mediu a glicemia num dia e deu por exemplo 100, isso não quer dizer que nos outros dias será igual. Pode ser que sim e pode ser que não.
Mas não dá para confiar e nem para "achar", tem que medir sempre.
Todos os dias em diversos horários.
Querem um exemplo?
Durante 3 dias seguidos, minhas glicemias de jejum foram: 100, 101 e 113.
Lindas, não? rs...
Porém vejam só:
No dia que acordei com 100, comi 1/2 mamão. "Achei" que não precisaria aplicar Humalog e não apliquei. Minha glicemia pós café (3 horas depois) foi 211.
No dia seguinte acordei com 101 e comi 1/2 mamão e um ovo quente. Pensei: bom, ontem não apliquei Humalog, me dei mal. Como havia subido pra 211, resolvi aplicar 3 ui de humalog, tentando acertar o meu alvo de glicemia (70 a 140). Quase deu certo, mas ainda ficou um pouquinho alta depois do café (3 horas depois): 163.
Depois no outro dia acordei com 113. Comi o mesmo café da manhã anterior. Se eu tinha aplicado 3 ui de Humalog e deu fora do alvo, pensei: vou aplicar uma unidade a mais. Apliquei 4 ui de Humalog, porém a glicemia pós (3 horas) foi 61.
Toda essa ladainha pra mostrar um pouquinho dos perrengues do dia a dia. E isso somente em um horário. Imagina isso 24 horas por dia...rs...
Sempre devemos estar atentos a todos os fatores que se relacionam, nos diferentes horários e nos diferentes dias (alimentação, exercício físico, emocional e vários outros aspectos).
É importante ressaltar que cada pessoa é uma realidade diferente. Portanto, se falo aqui de quanto apliquei, quanto deixei de aplicar, não quer dizer que isso é uma regra geral. É a minha realidade. Não dá pra eu seguir o que outros colegas dizem em termos de doses de insulina, de alimentação, exercício etc. Uma coisa é certa que é comum a todos os diabéticos (tipo 1): que todos devemos medir diariamente em vários horários a glicemia. Isso sim é regra geral, de resto cada um é cada um! Certo?

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

KIDS - Um pacote educativo para informar sobre Diabetes nas escolas


Você conhece algum aluno com diabetes? Será que novas informações sobre diabetes precisam ser encaminhadas para o dia a dia nas escolas? E alimentação saudável e prática de atividade física são importantes para todos os alunos?  E o diabetes, o que muda na rotina escolar?
Pensando nisso, a ADJ Diabetes Brasil em parceria com a Internacional Diabetes Federation – IDF, está disponibilizando um pacote educativo para informar sobre diabetes nas escolas para responder a estas questões.
O pacote educativo do projeto KIDS &Diabetes em Schools está dividido em módulos para quatro públicos diferentes:

Pacote educativo 1: Equipe da escola.
Pacote educativo 2: Familiares de alunos com diabetes. 
Pacote Educativo 3: Alunos
Pacote educativo 4: Familiares de alunos

Nestes módulos são apresentadas informações como: O que é diabetes, tipos de diabetes, informações sobre o tratamento, situações de emergência na escola, atividades físicas, alimentação, atividades extracurriculares, entre outras informações.

Vamos divulgar esta ideia!

Este pacote educativo pode ser distribuído gratuitamente nas escolas e já está disponível em 8 idiomas.
Acesse e imprima seu pacote educativo:


segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

A hipo...ontem...e hoje...

Antigamente (bem lá o começo da minha diabetes) quando ainda usava a horrível insulina NPH, tinha hipos terríveis.
Mas, não tinha a menor noção do perigo.
Quando me lembro da intensidade das minhas hipos dessa época, posso afirmar que beirei a morte em algumas delas. Sem exageros, mas sim, era assim!
Nada como o bom e velho tempo que passa...o dia-a-dia...as horas corridas...as situações que repetidamente passamos...
Mesmo assim, a hipo foi, é e sempre será o meu maior medo em relação à Diabetes.
Mas, sei que hoje lido de maneira bem diferente com ela.
A um primeiro sinal de sensação, já penso e digo: "tenho que medir".
E dificilmente erro. Quando digo isso, sim, na maioria das vezes estou com hipo.
Por isso, temos que estar atentos aos sinais de nosso corpo.
E não ter medo de ingerir açúcar. Sim, nessas horas tem que ser algo doce que faça subir logo a glicemia. Não adianta comer pão, bolacha, pizza nessas horas. Tem carboidrato? Tem, mas pra essa hora não é o indicado. Fica a dica ;)

durante a hipo...
depois da hipo...